top of page

Precisamos entender qual o nosso propósito.

1 Samuel 1:1 – 12; 17 – 19


A história de Elcana tem como base por possuir duas mulheres, Ana e Penina. Elcana tinha uma segunda esposa pois a primeira mulher não podia gerar filhos. Pela lei daquela época, a mulher que não gerava podia ser devolvida aos seus pais e Ana temia por isso, mas Elcana a mantinha na sua casa pois a amava e somente o amor pode suportar qualquer tipo de dificuldade.


Essa família ia anualmente à Siló, aonde estava a arca da aliança.  Hofni e Finéias que faziam parte da família sacerdotal eram ímpios e mesmo assim eram chamados de sacerdotes do Senhor. Uma tática do diabo para nos tirar do alvo é nos fazer querer saber quem é de Deus e quem não é.



A ida para Siló era difícil para Ana, pois ela era irritada por Penina. Uma era amada e a outra gerava filhos. Mas Ana, mesmo sendo irritada, continuava indo à Siló.


O inimigo tem criado várias ciladas somente para nos impedir. Não deixe nada te parar, por mais que doa, continue indo a Siló!


Depois que todos comem e bebem, Ana se levanta e se posiciona. Até quando vamos nos lamentar só porque alguém nos irrita? É tempo de tomar um posicionamento!


Ela vai até o templo para orar a quem podia tirá-la daquela tristeza. Se está triste, ore!


As vezes, não é de um milagre que precisamos, mas sim de uma oportunidade para Deus abrir o que está fechado.

Deus quer que você entenda que quem tem controle é Ele!


Rodolfo Gomes, 02.07.23.





44 visualizações0 comentário
bottom of page