top of page

Também nos alegramos nas tribulações

Romanos 5:1-5


A nossa maior esperança tem que estar na glória eterna que o Senhor tem preparado. Algo que olho não viu, ouvido não ouviu e mente alguma imaginou.

Períodos calmos não geram homens e mulheres de Deus.


Portanto, uma vez que pela fé fomos declarados justos, temos paz com Deus por causa daquilo que Jesus Cristo, nosso Senhor, fez por nós. Foi por meio da fé que Cristo nos concedeu esta graça que agora desfrutamos com segurança e alegria, pois temos a esperança de participar da glória de Deus.

Quais tribulações você tem vivido? Quais lutas você tem enfrentado? Se alegre nesse tempo que você está vivendo, é nesse tempo que se é gerado perseverança e paciência!



Da perseverança e paciência vem a experiência. Essa experiência precisa gerar em nós identidade e posicionamento.


E então chega o tempo da esperança, o tempo do refrigério. Um caráter aprovado durante a experiência, fortalece a nossa esperança.


Nós precisamos aprender em meio a tribulação, caso contrário não iremos conseguir sair dela. Precisamos gerar paciência e confiar no Senhor de todo o nosso coração.


O sacrifício de Jesus não foi em vão, todas as tribulações que passamos aqui é leve e momentânea e não se pode comparar a glória que em nós será revelada!


Pastor Gustavo Fonseca, 14.01.24.




bottom of page